Mãos abertas, coração fechado

Era fácil só falar, agora se tornou basicamente impossível não agir!

Minha mão já enfraquecida lutou mais do que podia para se manter cerrada, protetora. Mas aos poucos, a cada dia sem retorno, sem importância, sem reciprocidade, sem nada…bem aos poucos, os dedos, um a um, foram se abrindo, enfraquecendo, desistindo. E hoje, ao acordar, percebi que já estava de mão aberta e todos aqueles que tentei conservar ao meu lado já tinham se esvaído.

E sabe de uma coisa? Já que quiseram partir, que partam para longe. Não faço mais a menor de questão de nada nem ninguém.

Cansei de tentar mudar pra chamar a atenção daquele que nem tem mais olhos pra mim. Me esgotei de tanto perguntar, perguntar e perguntar e obter respostas vagas, sem conviccção, perdidas no tempo e espaço. Não suportei desabafar e ter que me contentar com um “Fique bem!”…Ou não ficou claro que esse é meu sinal para que você me ajude a ficar bem? Não deu mais pra me entregar tanto e, como recompensa, ganhar a desconsideração.

A partir de agora é assim: eu resolvo as coisas por e para mim mesma. Quem quiser, é só me acompanhar. Mas se ainda resta alguma dúvida, nem me siga. Odeio quem resolve parar no meio do caminho e toda a bagagem fica sobre minhas costas, pra levar adiante sozinha.

A bagagem que pretendo levar é aquela que vale a pena: a simples, singela, talvez a mais leve. A que faça com que eu me sinta mais leve. Só levarei bagagem de qualidade. Amizade boa. Amor bom.

Reconfortante mesmo é saber que ainda me resta outra mão e que essa continua mais fechada que nunca. Pode até estar meio vazia, mas o que permaneceu do lado de dentro é de grande valor.
De um lado, conservo o tesouro que conquistei. Do outro, faço questão de permitir que venham e que vão.
Abri mão, sim. E meu coração já não é mais de mãe, não cabe qualquer um!

Anúncios

3 opiniões sobre “Mãos abertas, coração fechado

  1. Fiquei por um tempo pensando em comentar aqui, mas meu dia foi corrido e te falar via twitter que me identifiquei e achei lindo foi o que pude fazer. No meio desse meu dia umas das conversas que tive foi sobre esse texto, e não foi só por causa do seu talento, o quão lindo e de forma simples as palavras são soltas por vc nos seus textos, Rá…Vai um pouco além, o que houve foi mto mais que uma identificação, foi eu me lendo, me vendo e querendo gritar! Foram coisas que eu queria dizer dito por vc com toda sua forma simples, diferente das complicações que eu sempre coloco. E…nossa…ainda tem trechos específicos que são tão maravilhosamente “meus” que fizeram surgir aquele nózinho na minha garganta. No fim do texto eu sorri, por me encontrar aqui. (:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s