Break a leg

Como já dizia Shakespeare, somos atores com o momento certo de entrada e saída num vasto drama para o qual não fomos convidados, e agora é hora de lhe dizer que seu personagem não faz mais parte do meu roteiro.

Dou-me ao luxo de discordar com o poeta em algumas partes e confesso que, uma vez que alguém atuou no meu drama, foi especialmente por permissão minha e de mais ninguém. Essa história de “sem ser convidado” só existe nas tragédias românticas e o que é encenado nesse momento é uma crise existencial.

Como não sou diretora ingrata, agradeço aqueles que optaram pela minha obra e não uma outra qualquer, com roteiros e atores mais interessantes e convidativos. Porém como nada é eterno, nem mesmo a peça com a maior bilheteria da história, eu, delicadamente, resolvo “desconvidar” quem há muito tempo vem atuando como figurante.

Não desmereço nenhuma fala, nenhuma cena, nenhum dos aplausos esporadicamente merecidos. Sua época já passou, a beleza da sua presença não mais atrai o meu público, o talento que um dia enxerguei em ti já não ilumina mais os palcos e ofusca as meras participações especiais. Agora é hora de encontrar outros protagonistas. Quero um espetáculo novo para harmonizar com o roteiro inédito.

Que as cortinas se fechem, as luzes se apaguem, os aplausos cessem…Pra você!  Afinal, ainda há muita audiência que deseja participar da minha dramaturgia.

Anúncios

6 opiniões sobre “Break a leg

  1. Sabe que eu tenho o maior orgulho de ser sua amiga, tem dias que eu tenho vontade de deixar um comentário com os dizeres “Sabe esse texto lindo que você acabou de ler, a autora é minha amiga” haha, to melosa né?! Enfim, sou sua fã, seus textos estão cada dia melhores, porque são o reflexo da sua personalidade, e eu diria que ela está inspirada por demais…muito bom ler seus textos ami.

  2. Era disso que eu tava falando ontem com você garota! Isso é um texto alá Raíssa.

    Bom, não sei se fui convidado ou não para a sua vida, aliás, nem sei se sou um desses personagens. Me engano dizendo que sim, ou talvez não seja um engano. Vai saber.
    Mas eu confesso que te acho sensacional, e fico feliz pela sua decisão de eliminar coadjuvantes.

    Parabéns pelo post e pela ilustração. Perfeito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s