O meu lado não figurado

Nunca fui boa com metáforas e isso me frustra drásticamente. Não sou capaz de criá-las de forma plausível e demoro certo tempo para entender as criações de outrem. Certas vezes acredito que isso é só um reflexo do caráter direto e simplificado que espero das pessoas, afinal, sou daquelas com um lapso de entendimento das subjetividades.

Nessas horas eu gostaria imensamente de “metaforizar” tudo o que eu gostaria que você entendesse com o tempo, algo que a objetividade rouba todo o encanto…

Já que não nasci com esse dom, espero não te assustar, mas devo confessar que creio que és exatamente aquilo que deveria me encantar. E o fato de fazer com que eu me dê conta disso é até mais que encantador.

Eu diria que és o tipo perfeito para conquistar a admiração dos mais chegados a mim, perfeito pra me ensinar como lidar com meus próprios sentimentos, perfeito pra deixar que eu acredite que minhas piadas são engraçadas, perfeito por permitir que eu enfim veja certa perfeição em algúem.

Eu diria todas essas coisas se as metáforas fossem mais generosas para com a minha imaginação ou meu talento, mas já que não são, mantenho essas opiniões pra mim e rezo pra que você se dê conta de tudo o que penso um dia. Que se dê conta de mim um dia.

Anúncios

2 opiniões sobre “O meu lado não figurado

  1. O bis é a menina errada, o hersheys é a menina certa. Eu gosto de hersheys, mas também gosta de comer bis de vez em quando. Sacou a metáfora?
    Você sabe metaforizar, só não se deu conta disso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s