Elásticos e uma provável metáfora

Dia desses eu resolvi brincar com um elástico. Elástico de amarrar dinheiro, sabe? Estava sem nada pra fazer e aquilo era a única coisa que poderia me distrair enquanto eu reiniciava o computador.

Fiquei esticando pr’um lado, pro outro, pr’um lado de novo…afinal, a função de um elástico é esticar-se, não? Só estava ajudando o pobre coitado a cumprir sua missão na Terra.

Até que ele escapuliu das minhas mãos, ricocheteou na minha perna provocando um vergão bem avermelhado e caiu no chão, bem longe, como se estivesse fugindo de uma vingança. Deixou de ser pobre coitado na hora!

A dor que eu senti naquele momento foi i-men-sa. Imagino que você já tenha sofrido disso, caro(a) leitor(a). Deu vontade de chorar, de xingar o elástico e todas as suas gerações anteriores, de rogar várias pragas e desejar que outros objetos providos de elasticidade fizessem o mesmo com ele. Na verdade, que fizessem pior!

A raiva realmente foi muito grande. Foi ainda maior porque eu sempre soube que as chances daquele acontecimento beiravam o 100% e, mesmo assim, continuei brincando.

Depois de um tempo passou. Uma reclamação nas redes sociais e alguns minutos de distração com outros objetos foram suficientes pra fazer com que eu esquecesse o elástico e a dor que ele me causou.

Daí, dei-me conta que esse é o destino irrefutável de qualquer relação com elásticos. Hora ou outra eles sempre vão acabar soltando uma chibatada aqui ou ali, o vergão vai marcar, vai doer e, dependendo da intensidade, pode até causar preocupação. Mas passa. E passa rápido.

Mal sabe o elástico que em algum momento de sua existência ele irá estourar. Pobre coitado…

Anúncios

5 opiniões sobre “Elásticos e uma provável metáfora

  1. Elásticos me dão muito medo. Só me apontar um que eu já me jogo no chão com as mãos na cabeça, hahaha.

    Mas sua metáfora faz sentido, Raí. O filho da puta sempre estoura, mas parece que a gente escolhe ignorar esse detalhe porque a brincadeira tá mais legal. E sinceramente, não sei se isso é uma coisa boa ou ruim… Daora a vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s