Monstro de dentro pra fora

Queria colo e debatia-se no berço pra mãe o acalentar.

Queria mais sobremesa e batia os talheres no prato para se saciar.

Queria o brinquedo da moda e batia os pés violentamente no chão até ganhar.

Queria vencer o jogo de pique-esconde e batia cara antes da hora pra poder se salvar.

Queria privacidade e batia a porta do quarto pra se isolar.

Queria a garota dos outros e batia nos concorrentes pra poder conquistar.

Queria ostentar e batia a porta do carro para impressionar.

Queria mandar e batia na mãe, nos colegas, nos concorrentes e na namorada. Até que esse se tornara a única opção.

Porque todos crescem, inclusive os monstros.

Anúncios

2 opiniões sobre “Monstro de dentro pra fora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s